terça-feira, 5 de agosto de 2014

Livro das Sombras ou Bos! Foto do google!

O Livro das Sombras é, essencialmente, o diário de um Bruxo, um diário mágico.
A origem desse Livro, remonta ao tempo das perseguições. Proibidas de compartilhar oralmente seus conhecimentos, as(os) Bruxas(os) da Idade Média, escreviam seus conhecimentos e feitiços, em um Livro que ficava escondido, por isso o termo "das Sombras", pela menção de que o Livro deveria ficar oculto a qualquer preço, sob seu dono ter contra si, provas incontestáveis de Bruxaria. Na Idade Média, esses Livros continham essencialmente Poções, Feitiços, Encantamentos, Filtros, enfim,

operações de magia não trazendo nada sobre a pessoa que o escreveu, além de talvez, seu Nome Mágico, por motivos que você pode imaginar.
Todas as tradições de ordem iniciática cobram de seus alunos a existência de um diário onde sejam anotados todos os procedimentos mágicos, fatos interessantes do dia-a-dia, aprimoramentos e coisas pertinentes à disciplina mágica.

Na tradição Wicca, esses dois aspectos foram fundidos num só recurso que recebe basicamente dois nomes, ou é chamado de Grimoire que quer dizer Livro de Encantamentos como na Idade Média, ou Livro das Sombras ( Book of Shadows - BoS) como o Livro que Gardner escreveu e que é usado nas tradiçoes Gardneriana e Alexandrina.

Um Livro das Sombras funciona como um Grande Diário. Nele o aprendiz e mesmo o(a) Bruxo(a) experiente anota os fatos de sua vida, referentes direta ou indiretamente com a Bruxaria, copia rituais, relata acontecimentos, escreve feitiços ou mesmo poesias. Ele serve como um Grande Avaliador do desenvolvimento mágico. Olhando as primeiras páginas, um Bruxo, pode avaliar a quanto evoluiu no estudo e prática da Arte, comparar suas opiniões atuais com as que tinha na época e assim fazer um grande balanço da sua vida na Magia.

Além disso, o hábito de escrever no seu Livro das Sombras, lhe traz a prática de um aspecto muito favorável - A DISCIPLINA - .Essa disciplina na qual você se obriga a escrever seja todo dia, seja 3 vezes por semana, ou seja apenas quando acontecer algo relevante, lhe confere um campo favorável no avanço do Treinamento Mágico, na medida que você tem, ( por vontade própria, lembre-se ) de escrever, você acaba tendo que fazer alguma coisa, assim o Livro funciona., como catalisador do processo de treinamento.

Se você pretende seguir o Caminho da Bruxaria, não deixe para depois a confecção do seu Bos, ele pode ser um instrumento valiosíssimo no futuro. Não faça como algumas pessoas, que só agora estão organizando o seu, e têm que se lembrarem de quase tudo o que aconteceu desde que começaram a se interessar pela Bruxaria, assim sendo, muita coisa pode ter sido esquecida, a ordem dos acontecimentos fica comprometida, e algumas coisas sutis do dia-adia, são sepultadas definitivamente no esquecimento...

Você pode começar, escrevendo um pequeno texto, explicando à você mesmo, o porque do seu interesse pela Bruxaria... Talvez, um dias, após você ter morrido, ou quando ficar com mais idade, alguém poderá ler o seu Livro e se interessar pelo assunto. ( Até que este parágrafo, é uma boa sugestão para o inicio de um filme sobre Bruxos(as) ehehehe!

Você pode separar o seu BoS em 3 seções, ou mesmo ter 3 Livros. Um Grimoire, onde você anotará só os Feitiços e Exercícios, outro com Poemas e anotações pessoais, do dia-a-dia, que efetivamente corresponderá ao seu Livro das Sombras, e outro ainda, com conhecimento de Herbalismo, Cristaloterapia, Incensoterapia, e assim por diante. Fica mais fácil de você ir direto ao que deseja consultar ou lembrar. Além disso você fará um Compendium de conhecimento sobre magia, na medida que terá à sua disposição um material confiável de consulta, avaliado por você mesmo, e condizente com o seu modo de fazer as coisas, ou seja personalizado.

Tradicionalmente, não se permite, que ninguém que não seja da Arte, toque no seu Livro, mas permite que outros Bruxos(as) leiam as partes que você autorizar, ou mesmo que copiem Encantos e Feitiços, para o seu próprio BoS, mas no entanto o Livro não pode ser emprestado. Ele é materialmente e intimamente seu, e de mais ninguém. Pessoas que passam mesma experiências podem descrevê-las de diversas formas, o que é natural e saudável.

Outro motivo para não deixar qualquer pessoa ler o seu Livro, é que ele reflete todo o nosso Mundo Mágico, o Mundo da Bruxaria, e algumas coisas podem chocar as pessoas incautas, ou mesmo fazer com que você caia em descrédito junto à comunidade ou a seus familiares, prejudicando a sua vida "normal".

Tradicionalmente, o Livro deveria ser um caderno normal, preto, escrito a mão e com folhas numeradas. Mas pode ser uma agenda, um fichário, o importante é que você o faça.
Alguns acham que ele deve ser escrito a mão, assim a energia do Livro seria mais trabalhada enquanto Livro Mágico, no entanto isso deve ficar à seu critério.
Disciplina é liberdade!!!

Um Livro das Sombras, muito conhecido como BOS (do inglês Book Of Shadows), é um diário usado por praticantes de magia ritual para registrar rituais, feitiços, e seus resultados, bem como outras informações mágicas. Tanto praticantes individuais quanto covens mantêm esse tipo de Livro.
Nele são inscritos invocações, receitas de poções, métodos de realização de rituais, contos sobre a mitologia, enfim. Tudo relacionado à Wicca e à Bruxaria.

Em algumas Tradições Wiccanas (por exemplo a Gardneriana), o Livro das Sombras é um texto contendo os rituais, práticas e a sabedoria daquela Tradição. É normalmente copiado à mão pelo praticante, a partir da cópia de seu(sua) iniciador(a). O material da Tradição não pode ser mudado, apesar de que algumas adições possam ser feitas. Alguns Wiccanos mantêm ainda um Livro das Sombras pessoal, além daquele de sua Tradição. O Livro das Sombras recebe esse nome porque seu conteúdo deve ser mantido a sombras das realidades desse mundo. É tradicionalmente de capa preta com um pentagrama prata ou dourado na capa, mas outras cores como verde, marrom e azul marinho podem ser utilizadas e outros símbolos cravados.

Em alguns casos, o Livro das Sombras pessoal de um praticante é um arquivo de computador, seja em disco seja na forma de um sítio web, mas a maioria dos praticantes de magia não aceita tal prática, considerando que o livro das sombras deve fazer parte do altar, tendo também seu valor mágico.
Muitos praticantes da Wicca se perguntam: Como posso fazer meu próprio Livro das Sombras? Basta um caderno/ livro/ fichário com muitas folhas. A capa pode ser enfeitada com símbolos mágicos e dentro do livro, podem ser guardados ervas e plantas protetoras. O livro assim como todos os outros instrumentos mágicos devem ser consagrados, assim protegendo o mesmo de olhares curiosos

2 comentários:

  1. Maravilhoso Eliene tudo que precisava

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gratidão Malu..Volte sempre..Adoro sua visita,Seja sempre bem vinda!

      Excluir

A Wicca é uma religião baseada na natureza, um desdobramento moderno das tradições pagãs .

Existe um Deus e a Deusa,autoridade central que rege, a religião não reivindica nenhum dogma.
WICCA às vezes chamadoA Velha Religião, representa uma antiga religião de amor à vida e à natureza.
Porém, só se considera um wiccano se obedecer a Lei;
A Wicca é simplesmente uma das religiões mais irresistíveis do mundo, porque ela estimula o intelecto, promove uma maneira simples e prática de vida e, o mais importante, é emocionalmente gratificante.
Wicca celebra os sabás, que marcam as estações do ano.

A bruxa ou bruxo, no coven ou sozinho, usa magia e ervas para direcionar o tempo e a matéria, a fim de alcançar a satisfação psíquica e espiritual.

Bruxas não adoram o diabo!
Bruxaria existiu bem antes ao Cristianismo e não incorpora a crença no Diabo cristão.

Nos últimos 15 anos as crenças em feitiçaria têm evoluído na teoria e na prática.

Os estudos aprofundaram em astrologia, tarô e runas, ervas e pedras, e numerologia.

Reverenciar a natureza e o mundo em que vivemos é a maior prioridade na vida.
Reconhecendo que há mais de um caminho para a iluminação espiritual e que a Wicca é apenas um de muitos, não abordamos ninguém tentando converter para ser um bruxo e respeitamos todas as formas de religiões.
faça o que quiser sem prejudicar ninguem
eliene wicca